7 erros comuns de jardineiro que lhes roubam uma rica colheita


Todo mundo adora frutas e legumes frescos. Os jardineiros plantam diferentes safras, o que requer uma certa abordagem e adesão a regras gerais. Se você os negligenciar, não poderá contar com uma boa colheita. Considere os erros mais comuns cometidos por jardineiros novatos.

Cavando as camas no outono

À primeira vista, este parece ser um procedimento necessário. Dê um descanso ao solo, alimente-o com minerais, prepare cristas para neve, afrouxe o solo para mais troca de umidade, limpe a área de ervas daninhas - cavar traz muitas vantagens e economiza tempo no futuro. Mas o procedimento tem uma série de desvantagens:

  • o solo está privado de muitos organismos vivos;
  • existe a possibilidade de as sementes das ervas daninhas sobreviverem e hibernar até a primavera;
  • a escavação frequente do solo enfraquece a terra, o que afeta negativamente a colheita;
  • cavar afeta a própria pessoa (fadiga, dores nas costas).

Desenterrar ou não o solo depende de dois fatores: o clima e o tipo de solo do local. Em áreas com clima quente, raramente é necessário cavar, pois o solo é seco. Mas em regiões frias e úmidas, a escavação é extremamente desejável devido à compactação do solo sob a influência das condições naturais.

Deixe o solo nu para o inverno

Solo descoberto é destruído. Ela congela e perde minerais e organismos vivos. São as bactérias e outros pequenos animais do solo que contribuem para o crescimento das plantas no solo. Se a camada superior do solo congelar, todos os oligoelementos irão afundar na camada inferior e será difícil alimentar as raízes. A maneira mais eficaz de evitar esse problema seria a cobertura morta. A cobertura morta protege a camada superficial do solo e evita o congelamento. Feno, folhas caídas, serragem, palha podem funcionar como cobertura morta.

Realizar podas formativas de árvores frutíferas e arbustos

Para manter a colheita de uma árvore frutífera, ela deve ser constantemente processada - cortar ramos, formando a direção certa, e remover os enfermos e desnecessários. A poda formativa deve ser feita nos primeiros anos de vida da árvore. E então, nos anos seguintes, uma rara poda anti-envelhecimento é necessária.

Deve ser entendido que a poda formativa é para árvores e arbustos ornamentais. E você precisa usá-lo para fruteiras com cuidado e atenção especial, caso contrário, você vai estragar a árvore.

Rosas e hortênsias muito cedo

Você precisa cobrir as flores no início da primeira geada. O melhor ajudante nisso é a previsão do tempo. É preciso lembrar que cada variedade é diferente, e algumas flores toleram melhor a geada do que outras. Portanto, na hora de comprar uma determinada variedade, lembre-se sempre do seu nome para que, com o início da geada, você possa conhecer todas as informações sobre ela.

Os melhores materiais para abrigo são folhas secas, ramos de abeto, palha e serradura. Serapilheira e filme têm lugar para ficar, mas devido à falta de ventilação, a planta pode não sobreviver ao inverno.

Caiar árvores na primavera

Ao caiar as árvores, você as protege de insetos que vivem sob a casca. Os parasitas adoram se estabelecer em rachaduras na casca das árvores e podem ser difíceis de destruir. Sem falar que eles são portadores de muitas doenças. Os esporos de fungos ou patógenos também podem ficar presos em rachaduras na casca exposta de uma árvore.

O cobertor de outono evita as queimaduras solares das árvores no inverno ou no início da primavera. A cor branca reflete os raios do sol e protege a casca do superaquecimento e da destruição. Variedades jovens, branqueadas no outono, são protegidas de roedores que gostam de comer cascas macias durante todo o inverno. O apagamento principal é feito no outono, é o mais importante, já que as árvores se tornam mais vulneráveis ​​no outono e no inverno.

A mola em branco é considerada secundária. É imperativo caiar as árvores a temperaturas acima de zero, tendo previamente reparado todas as fissuras e feridas no tronco.

Deixe vegetais estragados no jardim

Não seja preguiçoso e deixe vegetais estragados nas camas. Via de regra, os vegetais inicialmente estragados já são suscetíveis a algum tipo de doença, portanto, deitados no chão, podem infectar o solo.

Além disso, muitos simplesmente esquecem os vegetais da horta e, com o tempo, eles se decompõem. Um vegetal decomposto não é de forma alguma um fertilizante! É afetado por pragas e doenças, portanto, deixando-o na serra, você deixa as pragas no jardim se multiplicarem. É melhor colocar todas as frutas estragadas em um recipiente separado e usá-lo para fazer composto anaeróbico.

Eles estão substituindo o solo da estufa

Usar a estufa por muito tempo sem substituir o solo reduz a fertilidade da camada do solo. Mas substituir a mistura de envasamento é perigoso. Bactérias patogênicas penetram na estufa, que se multiplicam devido ao efeito estufa. Portanto, se a estufa for pequena, é melhor removê-la antes de substituir o solo.

Em grandes estufas, o novo terreno é tratado com aditivos biológicos e deixado em repouso. O solo pode ser desinfetado com produtos químicos ou aquecimento térmico.

  • Impressão

Avalie o artigo:

(9 votos, média: 2,4 de 5)

Compartilhe com os seus amigos!


5 erros que os jardineiros novatos devem cometer

À primeira vista, parece que não há nada mais fácil do que plantar verduras, pepinos, tomates e outras culturas de jardim, porque a maioria deles não é particularmente exigente.

Mas na verdade nem tudo é tão simples, cada planta tem certas necessidades de regar, alimentar, pode se dar mal com os vizinhos.

É preciso ter certeza de que as plantações não sejam atingidas por doenças, não sofram pragas, mas isso tudo vem com a experiência. Mas os erros mais simples geralmente não estão associados às nuances do cultivo de uma cultura específica.


A poda deve ser feita no final do outono ou início da primavera, quando não há folhas nos galhos, os botões ainda estão dormentes. Ao mesmo tempo, é indesejável limpar radicalmente a copa, pois isso é um estresse para a planta. Se a árvore estiver muito grossa, alguns dos galhos serão removidos no outono e outros na primavera.

A manutenção anual inclui não apenas poda, alimentação e irrigação, mas também cavar o solo, que está repleto de patógenos.

Primeiro, toda a vegetação é retirada da superfície do solo, e depois eles cavam o solo sem aprofundar a pá, para não danificar o sistema radicular. Se a escavação foi profunda, a probabilidade de que as raízes tenham sido danificadas é bastante alta. Depois de tal procedimento, a planta pode morrer.


Quando as sementes de tomate são colhidas?

Antes de colher sementes de tomate, é preciso prestar atenção a alguns pontos.

  • As frutas devem ser varietais, não híbridas. Se não houvesse a marca F1 no pacote de sementes que foram compradas para o cultivo de uma planta, então esta é uma planta varietal e, se fosse, um híbrido.

É inútil coletar sementes de plantas híbridas, elas não darão uma safra.

  • Recomenda-se coletar sementes de tomates zoneados. O fato é que as sementes de frutas cultivadas no exterior podem demorar para se adaptar às novas condições e dar um mau resultado depois.
  • Nem sempre boas sementes são obtidas de tomates comprados. Para começar, é difícil determinar a variedade do mercado e o que está escrito na etiqueta de preço nem sempre corresponde à realidade. Portanto, é melhor coletar as sementes dos tomates que foram cultivados em seu próprio terreno.

Como escolher as mudas de árvores certas

Não só as mudas precisam de uma descrição clara e consistente do aspecto ideal, mas também as mudas. Para não comprar um "porco na mosca", é preciso saber com clareza o que procurar na hora de comprar uma muda.

As principais regras para a escolha de mudas

  1. Uma muda jovem é ideal para o plantio. Não se deve perseguir árvores maduras, pois a muda deve ter um ano e meio a dois anos após a enxertia bem-sucedida. São essas mudas que vale a pena comprar, pois se adaptam com rapidez e sucesso ao novo ambiente.
  2. O colar da raiz é o principal critério de seleção. A inspeção de uma muda jovem deve começar no colo da raiz - um local logo acima das raízes. O colo da raiz das mudas não deve ser plano, deve haver uma dobra, onde há um pequeno “toco”, que simboliza o local onde o porta-enxerto é cortado. Examine cuidadosamente este local, não deve ser aberto, pois indica a presença de uma doença fúngica.
  3. Dados ideais para uma muda. A altura média da muda é de 1,5-3 metros, excluindo o sistema radicular, uma vez que a altura deve ser medida a partir do local da enxertia. A superfície da muda é lisa, sem falhas significativas.
  4. O principal em uma muda é a raiz, não a espessura e a altura do caule. Uma raiz saudável e volumosa sem quebras e lesões significativas é o que você deve prestar atenção, porque com um sistema radicular forte, o caule ficará grosso rapidamente no local principal de crescimento, o que não se pode dizer de uma raiz fraca. A raiz deve ser densa, mesmo "exuberante". A presença da raiz principal sem brotos é um sinal de que essa muda não vale a pena comprar. Quando vendida, o sistema radicular não deve ser exposto à luz solar, porque literalmente algumas horas antes, uma boa muda pode morrer completamente e se tornar inadequada para o plantio. Escolha uma muda onde haja pelo menos proteção de raiz mínima. Na maioria das vezes, eles usam solo especial ou cama de argila, serragem úmida ou um saco comum. O principal é fechar a raiz do acesso ao ar.
  5. Compra de uma muda adulta. Se a muda tiver cerca de 5 anos, a sua venda só é possível em recipiente com sistema radicular fechado.
  6. Seleção de uma muda de variedade comprovada.Antes de comprar uma muda jovem, você deve entender claramente o que deseja e conhecer a lista de variedades. Não se deve ir para uma muda despreparada, pois os vendedores têm como primeiro objetivo - vender o que têm, para que possam apresentar qualquer uma de suas variedades muitas vezes melhor do que você está procurando.

A escolha correta de mudas e mudas é a chave para um cultivo bem-sucedido e uma colheita rica. Não negligencie as recomendações, porque o resultado do seu trabalho depende disso.


Assista o vídeo: Conferência 4 - Mas eu não tenho jardim: propriedade, vida social e legitimidade


Artigo Anterior

Cultivo de cipreste calvo - plantando uma árvore de cipreste calvo

Próximo Artigo

Sempervivum 'Raspberry Ice'