Gloriosa - Semear, multiplicar, plantar, nutrir


Gloriosa superba: magnífico escalador tuberoso com flores escarlates

Gloriosa superba é uma planta bulbosa, ou melhor, tuberosa, para plantação na primavera, que não deve ser privada no jardim. Também é chamada de Lírio Malabar, Lírio Glorioso, ou simplesmente "Glorioso", mas também Lírio Escalador ou Lírio Ondulado. Certamente não é resistente, esta flor de crescimento rápido e floração excepcional vai adornar cercas onde vai acabar muito rapidamente. É uma das flores que podem decorar o interior de uma varanda protegida ou pérgula. As flores, com pétalas onduladas, curvavam-se para a luz revelando os órgãos reprodutores, os pistilos, que formam uma espécie de coroa invertida. As flores Gloriosa são vermelho-escarlate e amarelo nas bordas e no centro, e não deixam ninguém indiferente ao seu encanto. É uma planta nativa de áreas arborizadas e florestas úmidas da África tropical, também é encontrada na Índia com o nome de "Kalihari", 2 áreas com climas muito diferentes da França metropolitana, daí o cultivo anual.

Nome botânico:

• Gloriosa Superba “Rothschildiana”

Informação da planta:

• Ciclo: Perene
• Folhagem: Prescrito
• Resistência: Não resistente (+ 10 ° C)
• Família: Colchicaceae, colchicaceae
• Porto : Videira
• Exibição: Sol ou sombra parcial
• Chão : Profundo, fresco e húmus
• Semeando:
• Plantação: Primavera
• Floração: Junho a outubro
• Enraizando: tubérculo
• Área de cultivo: Todo ano
• Origem : América do Sul e Índia
• Planta de mel:
• Planta comestível: Não
• Planta venenosa: a lâmpada é venenosa se engolida

Características especiais da gloriosa:

• Como a planta não é resistente, deve ser cultivada anualmente, desenterrando e recolhendo bulbos ou tubérculos no outono, antes de geadas severas.
• Gloriosa é uma planta que, na Índia, é utilizada há muito tempo na farmacopéia, principalmente por suas propriedades antiinflamatórias e analgésicas. É usado principalmente contra artrite, gota, reumatismo, bem como certas doenças de pele ou prurido. Ele também teria propriedades relaxantes musculares, que podem ser usadas no tratamento de dores musculares, como a lavanda.

Quais as vantagens do jardim:

• Floração magnífica e original.
• Crescimento rápido.

Que exposição para a gloriosa?

Sol em sombra parcial.

Uma palavra do jardineiro amador:

Esta é uma planta que ama o sol. Mas a base da planta deve sempre permanecer fria durante a estação de crescimento. Uma exposição muito solarenga e quente pode dificultar o seu cultivo. Nestes casos, será aconselhável proteger a base da gloriosa com uma grande telha ou cobertura morta, por exemplo, como pode ser feito para clematis que irão reduzir a evaporação da água do solo.

Qual solo?

• Profundo, fresco e húmus.

Método de propagação de gloriosa superba?

• Semeando e dividindo tubérculos

Quando semear gloriosa?

• No final do inverno ou início da primavera sob abrigo quente.

Como fazer as mudas?

• Mudas de Gloriosa devem ser preparadas quentes, 20 a -25 ° C.
• Cultive-os em uma mistura de solo para mudas e turfa (30%).
• Cultive em uma mini-estufa ou sob abrigo aquecido a 20 - 25 ° C.
• Semeie as sementes cravando-as com 0,5 a 1 cm de profundidade.
• Mantenha a mistura úmida até o aparecimento de brotos.
• Posteriormente, o solo deve permanecer úmido, água em uma superfície seca.
• Transplante em um copo para fácil replantio no jardim.
• As plantas podem ser colocadas ao ar livre assim que sejam eliminados os riscos de temperaturas inferiores a + 10 ° C.
• As plantas jovens devem ser desenterradas rapidamente no outono.

Quando dividir os bulbos ou tubérculos?

• Divida na primavera quando os bulbos já estiverem bem desenvolvidos no jardim por pelo menos 2 a 3 anos.

Como dividir a gloriosa?

• Este é um método bastante comum para todas as plantas tuberosas e é mais facilmente bem-sucedido do que as mudas.
• Normalmente desenterrado em outubro e armazenado em local seco entre 10 e 15 ° C,
• É na primavera, no momento do transplante, que os tubérculos laterais devem ser separados do tubérculo principal,
• Em seguida, transplante-os em vasos, em uma mistura de solo de plantio e turfa a 30%.
• Um tubérculo por vaso.
• Em regiões leves, o transplante pode ser feito diretamente no solo.

Quando plantar lâmpadas gloriosa?

• Na primavera, quando as temperaturas abaixo de 10 ° C não são mais temidas.
• Maio ou junho.

Como plantá-los?

• Trabalhe profundamente o solo.
• Adicione um material drenante, como areia.
• Adicione também solo de plantio.
• Coloque os bulbos ou tubérculos entre 5 e 10 cm de profundidade.
• Cubra com terra de envasamento e tampe.
• Mantenha o solo fresco.
• Em áreas muito quentes e com exposição total ao sol, proteja o fundo da planta com um ladrilho.
• E não hesite em cobrir o solo para evitar a evaporação muito rápida.

Uma dica do jardineiro apaixonado de Raymond:

A forma do tubérculo gloriosa, “saltador”, é um pouco especial, aliás às vezes você se pergunta como colocá-lo no solo. Raymond nos aconselha a simplesmente espalhar o tubérculo. Obrigado novamente a ele.

Entrevista :

• Manter a floração: remova flores desbotadas.
• Às vezes, os pulgões podem atacar a planta: trate com uma mistura de água e sabão preto.
• Em outubro, desenterre as lâmpadas, limpe e deixe secar, em seguida, coloque-as em um local seco em papel blackout.

Floração (período):

• De junho a outubro

Variedades (outros):

• Gloriosa Lutea, Lírio-malabar amarelo: flores lisas, amarelas, lindas e brilhantes, perfeitas em associação com as da Gloriosa superba.

O que plantar com a Gloriosa?

• Plante gloriosa em uma mistura de variedades, com cannas, dálias, crinoles ou crinum powellii, volubilis ou ipomées ...

Usar :

NOum jardim: isolado em uma estaca, em uma cerca, o pilar de uma pérgula ...
• Sem jardim:
Em vasos, plantados em solo misto do jardim, solo para vasos e turfa.

Folha rápida:

resumo

Nome do item

Gloriosa superba: magnífico escalador tuberoso com flores escarlates

Descrição

Gloriosa superba, gloriosa Lutea, uma magnífica planta trepadeira tuberosa com flores originais, pétalas vermelhas e amarelas, esguias para o céu, adornadas por uma coroa invertida. Descubra como adicioná-lo ao jardim com nosso site

Autor

Nome do editor

jaime-jardiner.com

Logotipo da editora


As plantações

  • Alho, cebola e chalota : Se o inverno não for muito rigoroso, plantar esses bulbos agora fará com que a colheita avance. Plante em um monte para garantir uma boa drenagem e evitar o apodrecimento dos cravos (para guias detalhados, clique nos links a seguir plantando alho, plantando cebolas, plantando chalotas)
  • Arbustos frutíferos : As pequenas árvores frutíferas (groselha preta, framboesa, groselha) encontram o seu lugar idealmente na horta em outubro. Assim, eles têm tempo para desenvolver suas raízes antes das grandes geadas e poderão produzir (em quantidades limitadas) a partir da próxima primavera.
  • Morangos : Outubro é o mês ideal para plantar morangos, aproveite para multiplicá-los se já tiver uma variedade que lhe agrade (e assim rejuvenescer a sua horta de morangos), caso contrário plante os morangos em vasos ou raízes nuas. O morangueiro é exigente, faça-o conseguir uma colheita gratificante (feijão, ervilha, ...) ou uma adubação verde semeada em julho-agosto
  • Hissopo : muito pouco exigente, este medicamento pode suceder a qualquer cultura e permanecerá vários anos, aproveite para fazê-lo suceder a uma cultura desgastante para o solo (abóbora, tomate, couve, etc.). Plante a 50 cm de distância para abrir espaço para um pequeno arbusto.
  • Ruibarbo : Comece a plantar lascas de raiz no final do mês, desde que estejam dormentes. Evite replantar raízes com folhas que dificilmente se recuperam.

Espécies e variedades deAlpinia

Existem cerca de 250 espécies no gênero Alpinia, todos dos trópicos asiáticos.

Gengibre vermelho, alpino roxo, galanga, lavanda vermelha ou rosa, opuhi (Alpinia purpurata)

Espécies de tipo

  • Vegetação: Alcança 2-3 m de altura. Folhas lançadas com 30-50 cm de comprimento e 5-10 cm de largura, com uma extremidade pontiaguda.
  • Flores e frutas: Inflorescência ereta espetacular de 20-30 cm, em brácteas cerosas vermelhas carnudas de 3-4 cm de comprimento persistente. Flores brancas complexas de 3 cm, não conspícuas e esféricas. As mudas são produzidas dentro de brácteas, capazes de criar raízes. Frutos raramente formados no cultivo. Sementes pretas redondas.
  • Qualidades: Nativo da Indonésia, Papua Nova Guiné, Nova Caledônia, Vanuatu e Ilhas Salomão no Pacífico. Naturalizado no Havaí. Cultivado principalmente para flores de corte, especialmente no Havaí. Existem cultivares de flor rosa, laranja, amarela e dupla. Tolera -1 Â ° C.

'Anne Hironaka'

  • Vegetação: Como espécie típica.
  • Flores e frutas: Inflorescência ligeiramente rosada.
  • Qualidades: Criado por Paul Yoshioka em Porto Rico.

Flor da minha alma, lágrimas da virgem, casca de gengibre, longose ​​(Alpinia zerumbet, syn. A. nutans, A. speciosa)

Espécies de tipo

  • Vegetação: Caules frondosos com 2 a 3 m de altura, 1 m no interior, com cerca de 1,50 a 3 m de extensão. Folhas com 50-60 cm de comprimento e 10-15 cm de largura.
  • Flores e frutas: Terminais pendurados com 30-40 cm de comprimento. Botões formados por um grande cálice campanulado branco ou amarelado com uma ponta arroxeada a lembrar porcelana. Cachos de flores perfumadas que lembram uma orquídea, abrindo-se por sua vez. Labelo com 4 cm de comprimento, com garganta vermelha e bordas curvas mais ou menos trilobadas, amarelas estriadas de vermelho. Frutos de 3 cm, em forma de pequenos figos cor de laranja com restos de partes florais no ápice.
  • Qualidades: Nativo da Índia, Birmânia e Sudeste Asiático. Naturalizado no Brasil e na Flórida. Planta ornamental, medicinal. Folhas usadas na culinária para dar sabor ou embrulhar bolinhos. Rizoma resistente a -7 ° ou -10 ° C.

  • Vegetação: Folhagem listrada com faixas amarelo-limão.
  • Flores e frutas: Como espécie típica.
  • Qualidades: Como espécie típica.

'Variegata Dwarf'

  • Vegetação: Planta com 30 cm de altura. Folhagem matizada de amarelo e verde.
  • Flores e frutas: Como espécie típica.
  • Qualidades: Como uma espécie típica.

'Variegata Chinese Beauty'

  • Vegetação: Planta de 2,40 m. Folhagem verde escura manchada de verde brilhante.
  • Flores e frutas: Flores cor de rosa e brancas.
  • Qualidades: Como uma espécie típica.

Alpinia vittata (sin. A. sanderae)

Espécies de tipo

  • Vegetação: Tufo de 0,50 m (no vaso) 1,50 m de altura. Lâmina da folha paralela ao sol, lançando oleandro, verde escuro, finamente listrado de creme ou branco, com 20 cm de comprimento.
  • Flores e frutas: Floração rara em cultivo. Úberes soltos e caídos de 18 a 25 cm, compostos por flores brancas com brácteas avermelhadas.
  • Qualidades: Nativa do arquipélago Bismarck e das Ilhas Salomão. Usada principalmente como planta verde e por sua folhagem em bouquetterie, porque raramente floresce em ambientes fechados. Rizoma resistente a -7 ° C.

Galanga maior, galanga maior (Alpinia galanga, syn. Languas g.)

Espécies de tipo

  • Vegetação: Rizoma espesso com polpa branca comestível fornecendo galanga. Planta atingindo 1-2 m de altura e 0,60-1,20 m de largura. Folhas com 30-40 cm de comprimento por 6-10 cm de largura com uma lígula de 5 mm suportada por um pecíolo de 6 mm.
  • Flores e frutas: Panícula de 20-30 cm de flores brancas pintalgadas de rosa com labelo de mais de 1 cm de comprimento e bráctea, sem muito interesse ornamental. Frutos que retêm brácteas e brácteas. Cápsula oblonga.
  • Qualidades: Nativo do Sudeste Asiático. O rizoma de uma galanga é uma das principais especiarias da Malásia, Tailândia e Javanesa. Ingrediente de curry.

Jalap verdadeira, galanga menor, galanga menor, galanga chinesa, volubilis purgativa (Alpinia officinarum)

Espécies de tipo

  • Vegetação: Planta de rizoma 1² rica em óleos essenciais e resinas. Folhas estreitas verde-escuras com 12 a 25 mm de largura e uma lígula membranosa de 2 a 5 cm. Rizoma acastanhado, amarelo brilhante por dentro.
  • Flores e frutas: Pequenas flores perfumadas de 2 cm, espigão amarelo esbranquiçado com 6-10 cm de comprimento e ráquis tomentosa. Corola mais curta que o cálice. Brácteas com menos de 1 cm e brácteas ausentes.
  • Qualidades: Nativo do sul da China e da Ilha de Hai-nan. Remédio para o estômago, servindo também para fazer curry e licores digestivos. Menos comum que a grande galanga, embora seu sabor seja mais fino. Também é usado como legume fresco.


Madressilva perene em tela de arame: um perfil rústico

Já que sua cerca parece muito temperamental e você quer dar um toque romântico, Evergreen Honeysuckle on Wire Mesh é uma solução maravilhosa. Se você deseja ocultar pranchas de pedra ou madeira, coroar uma arcada ou sua varanda, esta videira gêmea chinesa cresce vigorosamente. Devido aos seus rebentos pendentes, a altura máxima chega a 12 metros dependendo do local.

Uma planta ornamental para varandas, cercas e vãos de casas

Se você quiser esconder a pedra ou as tábuas de madeira

Como plantar, propagar e cuidar da madressilva perene na tela de arame

Apesar de um tronco fraco, a planta é perene na maior parte do ano, especialmente em um microclima ameno e um local abrigado. Por sua vez, a folhagem se enrola em invernos rigorosos, quando as raízes não conseguem mais tirar água do solo congelado e, por fim, cai antes de crescer novamente no início da primavera. Graças à sua robustez, as folhas não são muito suscetíveis ao míldio ou propensas a doenças. Para que você possa desfrutar de flores esplêndidas durante todo o verão, a madressilva perene em tela de arame deve ser podada ocasionalmente na primavera e desbastada para promover a ramificação.

Coroando um arco ou sua varanda frontal, esta videira gêmea chinesa cresce vigorosamente

Devido aos seus rebentos pendentes, a altura máxima chega a 12 metros dependendo da localização

Como fazer uma sebe de madressilva?

Embora a madressilva seja uma planta trepadeira que produz flores perfumadas, perenes ou decíduas, ela pode incutir uma vibração romântica e privacidade obrigatórias em qualquer lugar em que seja plantada.

Se pretende fazer uma sebe ou fachada, opte pela madressilva perene sobre rede de arame, utilizando sistema de trepadeira.

Enfeitar uma varanda ou a porta da frente

Apesar do tronco fraco, a planta é perene

Primeiro, a grade de suporte deve ser vertical ou em forma de leque ou rede. Já os elementos horizontais dão maior aderência à planta e promovem a densidade da folhagem. Os sistemas de corda compatíveis são ideais para esse propósito. Ainda assim, escolha uma treliça básica ou básica simples ou uma treliça de médio alcance. Para treliças com mais de 6 metros, escolha um tipo pesado ou maciço.

Debaixo da janela, ao lado da porta da frente

Em um microclima ameno e um lugar protegido

Particularidades a serem consideradas antes do plantio

Ou seja, a madressilva trepadeira produz flores perfumadas, seguidas de bagas vermelhas, muito atraentes para os pássaros, mas venenosas para os humanos.

Se você tiver problemas com o míldio, a variedade Lonicera nitida é uma alternativa sensata. Para flores e aromas de inverno, a madressilva caduca de inverno, Lonicera fragrantissima, é imbatível.

A folhagem se enrola em invernos rigorosos, quando as raízes não conseguem mais tirar água do solo congelado e, por fim, cai antes de crescer novamente no início da primavera.

No jardim, várias treliças de metal

Amo ser acariciado pelo sol

Orientação

Quando você decidir plantar, lembre-se de que as raízes ficam melhor na sombra e os galhos preferem o carinho do sol. Por esse motivo, a parede ou cerca deve estar voltada para o oeste.

Graças à sua robustez, as folhas não são muito suscetíveis a míldio ou propensas a doenças

Existem variedades perenes e caducas

Chão

Embora a planta possa ser cultivada em recipientes, ela nunca crescerá tão bem quanto no solo do jardim. Na verdade, todos os tipos de solo são favoráveis, mas aquele que for bem drenado e rico em húmus deve ser o preferido.

Rosas e madressilvas alternando

Ocasionalmente, podar na primavera e desbastar para promover a ramificação

Distância

Ao plantar o arbusto perene, Lonicera nitida, considere a compra de plantas com raízes nuas no outono ou inverno. Para manter a sebe densa, arrume cinco pequenas plantas por metro, cavando em matéria orgânica podre.

Todos os tipos de solo são favoráveis, mas aquele que for bem drenado e rico em húmus deve ser o preferido

Uma distância de 5 m é preferível

Por ser autodidata, ainda jovem, a madressilva precisa de uma mão amiga. Se crescer contra uma parede, use arame galvanizado e prenda a planta a eles guiando as hastes com uma cana de bambu. Regue bem e fertilize com um fertilizante de uso geral na primavera.

Como existem diversas variedades de Lonicera, você precisa saber o período de poda de cada uma.

Os elementos horizontais dão à planta uma melhor aderência e promovem a densidade da folhagem

Uma sebe de madressilva para privacidade

Prevenção de doença

Desde que o maior inimigo da madressilva seja o pulgão, podar os brotos infestados e aplicar um inseticida. Quando uma planta não é saudável, as folhas ficam deformadas e onduladas, o que impede a escalada.

É preciso podar as partes infestadas e usar um inseticida contra os pulgões.

Espalhar

Primeiro, extraia as sementes das bagas e imediatamente semeie-as em vasos de solo de jardim. Em seguida, deixe as sementes germinarem em um ambiente frio ou na geladeira durante o inverno. Na primavera, antes que as sementes não germinem, certifique-se de garantir uma temperatura de 15˚C.

Você pode semear as sementes em vasos ou deixar na geladeira durante o inverno

Benefícios para a saúde

Como já mencionamos, as bagas são tóxicas para os humanos, mas um extrato oleado tem propriedades antiinflamatórias e analgésicas na artrite e nas dores nas articulações.

O chá de ervas das flores pode aliviar a asma, tosse e outras infecções respiratórias. Graças ao elemento aromadendrene, a planta possui atividade antibacteriana. Seu aroma é favorável contra o estresse, a pele irritada é aliviada pelo óleo e os cabelos ficam fortes e macios se usar duas gotas de óleo de madressilva em combinação com óleo de coco.

Recomende óleo essencial para pele irritada e cabelos exaustos

Contra tosse, gripe, asma


Boletim de Notícias

O ritmo do desabrochar das maravilhas do Peru continua a fascinar devido ao seu personagem muito efêmero. Abrem as flores no final do dia, dependendo da umidade e da temperatura, mas em geral quando ocorre uma diminuição no brilho. A partir deste momento, abre-se rapidamente e, portanto, cresce de forma acelerada em um tempo muito curto. Este crescimento também é alcançado com paredes celulares das flores que são mais frágeis, o que explica por que ele desaparece na manhã seguinte, suas células morrendo rapidamente: falamos de morte celular programada ou senescência programada.


Como cultivar prímulas?

Estas flores de jardim existem em muitas espécies e variedades. O seu cultivo pode ser muito simples ou, pelo contrário, francamente difícil, porque o clima que prevalece no jardim e a intensidade da luz influenciam fortemente estas plantas. Simplificando, eles gostam solos ricos, querer ligeiramente ácido, mas muitos também suportam um pouco de calcário. Eles reivindicam principalmente terras que permanecem fresco durante a estação de crescimento, em qualquer caso, que nunca são muito secos.

  • No solo, separe as prímulas entre 30 e 50 cm.
  • Multiplicação por divisão de tufos é fácil para todos aqueles que se espalham naturalmente por seus rizomas, por exemplo para a orelha do urso.
  • A sementeira também dá bons resultados e as sementes são bastante fáceis de encontrar.
  • Semear Maio a julho, em um viveiro semi-sombreado, em solo leve, enterrando as sementes muito pouco
  • Água para manter um solo leve e úmido.
  • Transplante no berçário (ou ralo) e monte no outono, de preferência com o torrão.


Vídeo: VIDA SAUDÁVEL: Como PLANTAR sua própria RÚCULA #plantacomigo


Artigo Anterior

Plantas de sombra interessantes: alternativas incomuns para jardins de sombra

Próximo Artigo

Classificação das orquídeas: reino, ordem, família, gênero e principais espécies de orquídeas