Sparaxis, uma planta herbácea perene de cormo, é um membro da família Iris. Em condições naturais, essa planta é encontrada no sul da África, na região do Cabo. E uma das espécies foi introduzida na Califórnia. Existem 6 variedades desta planta, vale ressaltar que alguns cientistas as consideram de tipos diferentes, enquanto outros especialistas argumentam que se trata de variantes de uma espécie. Sparaxis tem cerca de 20 variedades. O nome do gênero contém uma raiz grega, que se traduz como "divisão das pontas das brácteas".

Características da sparaxis

A altura do sparaxis pode variar de 0,15 a 0,6 m. Placas lisas de folhas nuas têm uma forma lanceolada semelhante a uma correia. As flores estreladas têm uma cor rica e atingem cerca de 50 mm de diâmetro. As brácteas se partem nas pontas, o que já fica claro pelo nome do gênero. A coluna do pistilo se projeta além de um tubo perianto curto, que tem uma forma em forma de funil. Os estigmas fracamente distorcidos são sólidos.

Plantando sparaxis em terreno aberto

A que horas plantar

O melhor lugar para cultivar esparáxis é na região sul: a primavera é quente, o verão é quente, o outono chega tarde e o inverno é relativamente quente e ameno. Quando esta flor é cultivada em latitudes médias, no final do outono, seus tubérculos são removidos do solo e armazenados, e com o início da primavera são novamente plantados em solo aberto. O plantio de tubérculos em latitudes médias e áreas mais frias é recomendado do início a meados de maio, depois que o solo está bem aquecido. Nas regiões do sul, onde não faz mais frio do que 1 grau no inverno, os tubérculos são plantados antes do inverno, nos últimos dias de outubro.

Regras de pouso

Uma área adequada para o plantio deve ser bem iluminada, aberta e protegida de rajadas de vento. Se a esparaxia for plantada em um local sombreado, isso terá um efeito extremamente negativo no crescimento e desenvolvimento da planta. Ele crescerá melhor em terra fértil, mas pode ser plantado em outro solo, desde que bem drenado.

Os bulbos devem ser enterrados no solo por 50–80 mm (dependendo de seu tamanho). A distância entre os furos e entre as linhas deve ser de cerca de 8 a 10 centímetros. Os tubérculos plantados precisam de muita rega. Os arbustos plantados em maio começarão a florir em agosto, e terminarão com o início das primeiras geadas.

Cuidados com sparaxis no jardim

As esparaxes cultivadas em latitudes médias devem ser cuidadas da mesma forma que a cultura de flores mais popular, o gladíolo. Essas flores precisam ser regadas em tempo hábil, arrancadas e também afrouxadas a superfície do solo entre os arbustos. Durante a seca, a parte aérea do arbusto deve ser umedecida com um borrifador no início da manhã ou ao entardecer, ao pôr do sol, pois se os raios do sol atingirem as gotas de água na folhagem, pode surgir uma queimadura. Também é muito importante retirar as flores que começaram a murchar do arbusto em tempo hábil, por isso é estimulado a formar novos botões e caules.

Como regar e alimentar

No início do crescimento, os arbustos devem ser suficientemente regados. Após cada rega, deve-se afrouxar a superfície do solo e, se necessário, arrancar todas as ervas daninhas. Durante uma seca prolongada, a rega deve ser feita 2 ou 3 vezes em 7 dias, e ao mesmo tempo ser abundante. Deve ser regado exclusivamente com água sedimentada, que deve aquecer bem ao sol. Regar e pulverizar sparaxis é recomendado no início da manhã ou à noite ao pôr do sol. Se a água ficar estagnada no solo ou se a irrigação for excessivamente abundante, isso pode causar o desenvolvimento de doenças fúngicas.

Durante a formação dos botões, os arbustos precisam ser alimentados com uma solução de fertilizante mineral complexo para plantas com flores (20 gramas são tomados para 1 balde de água). Durante a temporada, a planta deve ser alimentada 3 ou 4 vezes. Quando ele desaparece, toda alimentação deve ser interrompida. Em dias quentes, recomenda-se umedecer a parte aérea da planta com um pulverizador com água morna e sedimentada. Caso contrário, observará o desbaste das folhas, bem como o encolhimento dos botões (podem nem se formar), devido ao fato de a planta apresentar umidade do ar muito baixa.

Reprodução de esparaxia

Esta cultura pode ser propagada por sementes, bem como por crianças. A maneira mais fácil de se reproduzir é vegetativa. Ao plantar uma planta em solo aberto, as crianças devem ser separadas de seus tubérculos. Os pontos de fratura precisam ser borrifados com pó de carvão e, em seguida, as crianças podem ser plantadas em covas pré-preparadas. Você não deve separar as crianças no outono antes de colocar os tubérculos para armazenamento no inverno, o fato é que em 6 meses eles provavelmente irão secar muito.

Também é possível cultivar tal flor a partir de sementes, mas este método se distingue por sua complexidade e duração. Pega-se uma caixa, cuja profundidade deve ser de cerca de 10 centímetros, e é preenchida com uma mistura de solo úmida saturada de nutrientes. As sementes são semeadas neste recipiente, após o que é transferido para um local muito quente e com alta umidade. Após 20-30 dias, devem aparecer as primeiras mudas, após o que deverão ser desbastadas, mantendo-se uma distância de 20 mm entre as plantas. Depois que a altura das mudas for igual a 7 a 8 centímetros, deve-se plantar no jardim, enquanto o solo já deve esquentar muito bem. Os arbustos cultivados a partir de sementes florescem pela primeira vez somente após 3 anos.

Wintering

Depois que os arbustos murcharam, mais cuidados dependerão diretamente de como você cultiva esta cultura: perene ou anual. Quando cultivado em latitudes médias e climas mais frios, depois que a esparaxia desbotou e a parte acima do solo ficou amarela, os rebentos devem ser removidos do solo. Após a remoção dos restos de solo, eles são transferidos para uma sala seca e bem ventilada para a secagem, enquanto a parte aérea não precisa ser cortada. Depois que a folhagem secar muito bem, ela precisará ser cuidadosamente arrancada e os bulbos armazenados em local fresco (5 a 9 graus). Durante o inverno, é recomendável fazer uma inspeção sistemática do material de plantio, neste caso você será capaz de identificar atempadamente tubérculos podres ou secos e removê-los. Quando sobra muito pouco tempo antes do plantio em solo aberto, o material de plantio deve ser transferido para o calor (de 25 a 27 graus). A separação das crianças dos bulbos deve ser feita imediatamente antes do plantio. O material de plantio desta planta pode ser armazenado por 2 ou 3 anos.

Ao cultivar sparaxis nas regiões do sul, onde não é mais frio do que 1 grau no inverno, você não precisa cavar para o inverno. Neste caso, esta cultura é cultivada como perene. Se você ainda tem medo de que os arbustos congelem, no inverno eles podem ser cobertos com ramos de abeto.

Doenças e pragas

Se a esparaxia for fornecida com os cuidados adequados, ela não será afetada por doenças ou pragas. Porém, se o líquido ficar constantemente estagnado no solo, isso levará ao aparecimento de podridões nos rebentos e, via de regra, neste caso, a planta morre.

Se a folhagem do arbusto desbotou e desbotou, provavelmente isso se deve à falta de ferro. Para se livrar da clorose, produtos que contenham ferro na forma quelatada devem ser adicionados ao solo.

Sparaxis reage de forma extremamente negativa à falta de luz solar, bem como ao frio.

Tipos e variedades de sparaxis com fotos e nomes

Já foi dito acima que em alguns casos é extremamente difícil entender qual sparaxis está na sua frente, a saber, espécie ou variedade. Abaixo serão descritas as formas dessa cultura que são mais populares entre os jardineiros.

Sparaxis tricolor ou Ixia tricolor

O arbusto pode atingir uma altura de cerca de 0,4 metros. A altura dos pedúnculos também chega a 0,4 m, apresentam de 5 a 7 graciosas flores, que podem ser bicolores ou monocromáticas. Na base das pétalas, as flores têm um anel preto característico que as separa do rico centro amarelo. A forma das placas foliares é xifóide.

Sparaxis gracioso (Sparaxis elegans)

A altura desta planta anã não ultrapassa 0,15 m. A cor das flores é branca ou laranja. Entre os jardineiros populares está o "sparaxis mix", que é uma mistura de variedades, que inclui plantas de várias cores.

Sparaxis Bilbifer (Sparaxis bulbifera)

A altura de uma planta relativamente grande, que se distingue pela sua despretensão, é de cerca de 0,6 m. Nas flechas de flores eretas ramificadas, observa-se a formação de inflorescências perfuradas, que incluem flores que atingem 60 mm de diâmetro, podem ser coloridas de amarelo, creme claro, branco ou amarelo esbranquiçado.

Sparaxis grandiflora

Esta espécie é alta. As chapas têm formato semelhante a um cinto. As flores são grandes, alongadas, podendo ser de cor branca, roxa e amarelo intenso. As flores têm um aroma muito agradável, razão pela qual esta espécie também é chamada de esparaxia perfumada. Os mais populares entre os jardineiros são variedades como:

  1. Superba... A altura do arbusto é de cerca de 0,25–0,3 m. A inflorescência em forma de espiga inclui de 5 a 7 flores, atingindo 50 mm de diâmetro, podem ter cor laranja, roxa, branca ou amarela, e seu meio é preto ou amarelo.
  2. Senhor de fogo... As flores escarlates têm um centro preto.
  3. Elegants... Flores perfumadas de cor púrpura escura têm o centro preto e os estames são brancos.
  4. dia ensolarado... As flores de creme de limão têm uma borda difusa localizada na base das pétalas. O meio amarelado também tem bordas difusas. Na parte inferior das pétalas, no meio, há listras de cor roxa clara.
  5. Cor da lua. Muito belas flores branco-lilás são decoradas com pinceladas de cor púrpura carmesim, escarlate ou escuro. A cor do meio é amarela e os estames são escuros.

Acidantera: cultivo e cuidado, tipos e variedades

Autor: Natalya Categoria: Plantas de jardim Publicado em: 14 de fevereiro de 2019 Última revisão: 13 de janeiro de 2021

  • Plantando e cuidando de acidantera
  • Descrição botânica
  • Plantando acidantera no solo
    • Quando plantar
    • Como plantar
  • Cuidando de acidantera no jardim
    • Condições de cultivo
    • Regar e alimentar
    • Transplante de acidantera, inverno
    • Armazenar
    • Reprodução
  • Pragas e doenças
  • Tipos e variedades
    • Acidanthera tropical (Acidanthera aequinoctialis)
    • Acidanthera branco (Acidanthera candida)
  • Literatura
  • Comentários (1)

Acidanthera (latim Acidanthera) - um gênero de plantas perenes herbáceas da família Iris. O nome do gênero vem de duas palavras gregas que se traduzem como "afiado" e "flor" e descrevem os lobos pontiagudos do perianto dos acidantera. Existem cerca de 40 espécies do gênero que crescem nos trópicos do continente africano. Na cultura, são cultivados principalmente acidantera bicolor, ou acidantera Muriel, ou gladíolo Muriel, ou espeto Muriel, ou gladíolo lindamente florido, ou gladíolo perfumado - uma planta de jardim popular, introduzida na cultura em 1886 e anteriormente distinguida como um gênero separado .
Agora, essa espécie está classificada no gênero Gladiolus, bem como nas espécies selvagens de acidanthera, que agora também são chamadas de gladíolos. No entanto, para não causar confusão, o gladíolo Muriel ainda é denominado acidantera tanto na vida cotidiana quanto na literatura da floricultura.


Ouça o artigo

  • Pousar: em campo aberto a partir da segunda década de maio. Para destilação em janeiro - no final de agosto em uma panela.
  • Escavação: Outubro.
  • Armazenar: um mês após cavar a 25 ˚C, então antes do plantio a 10 C.
  • Florescer: no jardim - agosto-setembro.
  • Iluminação: sombra parcial clara.
  • O solo: solto, bem drenado, neutro ou ligeiramente ácido.
  • Rega: durante o crescimento e a floração - abundante e regular, então a rega é gradualmente reduzida.
  • Cobertura superior: no jardim: em mudas - fertilizantes de nitrogênio, depois duas vezes por mês com fósforo e potássio.
  • Reprodução: semente e vegetativo (rebentos).
  • Pragas: tripes, ácaros da aranha, pulgões.
  • Doenças: fusarium, sarna, podridão cinza, seca, penicilosa, dura e esclerocial.

Frésia (lat.Freesia), ou frésia - uma das mais charmosas plantas bulbosas cultivadas no jardim e em casa. Freesia é um gênero de plantas perenes bulbosas herbáceas da família Iris (Iris), que inclui cerca de 20 espécies. A mais famosa é a frésia híbrida, que surgiu como resultado do cruzamento de várias espécies há cerca de um século. A terra natal das plantas é a África do Sul, onde crescem em margens úmidas e entre arbustos. Eles foram nomeados em homenagem a Friedrich Vries, um botânico e médico alemão.

A frésia é elegante, graciosa e delicada, exala um aroma agradável, que lembra o cheiro do lírio do vale, e por isso às vezes é chamada de "lírio do vale". Graças a todas essas qualidades, ela está agora no auge da popularidade entre os produtores de flores como cultura de corte.


Tipos e variedades de sparaxis

Sparaxis tricolor (Sparaxis tricolor) ocorre sob o nome Sparaxis tricolor ou Ixia tricolor ... Com seus caules atinge cerca de meio metro de altura. É a espécie mais comum entre os jardineiros russos. As placas das folhas e o caule com flores atingem comprimentos iguais. As folhas são xifóides. A folhagem emoldura o pedúnculo com grande graça. Nele florescem 5 a 7 botões, cujas pétalas podem ter uma cor monocromática ou bicolor.

As flores da planta são caracterizadas por contornos muito graciosos. As pétalas da corola são pintadas em vários tons (branco neve, vermelho, carmesim ou amarelo), enquanto o meio permanece sempre em um tom contrastante. Sparaxis tricolor é caracterizada pela presença de um anel de cor negra carvão ou marrom profundo, que serve para separar o fundo das pétalas do núcleo saturado. Nesse caso, as transições não diferem em suavidade, mas têm bordas claras.

Esta espécie possui um grande número de variedades com propriedades decorativas, sendo normalmente vendida como uma mistura:

  • Senhor do fogo ou Rei do Fogo uma característica distintiva é a rica cor escarlate das pétalas e o núcleo preto.
  • Listrado a variedade sparaxis tricolor com flores, em que as pétalas são de uma cor marcante, nela os transbordamentos de um tom laranja vivo são comparáveis ​​a línguas de fogo, enquanto há um contraste com uma parte central amarela brilhante.
  • Mix de baixo crescimento (mix), unindo plantas cujos caules não atingem mais de 15 cm, enquanto os pedúnculos são decorados com flores de cores vermelhas, amarelas e brancas como a neve.

Sparaxis bulbifera (Sparaxis bulbifera) comumente conhecido como Flor arlequim , é uma planta perene bulbosa. Esta espécie é nativa da Província do Cabo, na África do Sul, e naturalizada nos Açores e na Austrália. Os caules sobem até 15-60 cm de altura, da cor das pétalas em flores de tons brancos, amarelados ou creme.

Sparaxis elegant em altura pode variar de 10-15 cm, mas alguns exemplares chegam a 30 cm A cor das pétalas é de um tom laranja rico, que clareia ligeiramente em direção à base.Então, na corola perto da parte central, um anel roxo escuro é visível, seguido por um centro central roxo-roxo, enquanto os estames têm uma cor branca como a neve.

Sparaxis grandiflora distingue-se pela sua altura e tonalidade verde escura das folhas. Seus contornos são como cintos, suculentos. Eles graciosamente emolduram as hastes floridas. Pedúnculos adornam inflorescências compostas por flores de várias cores, aqui as pétalas podem ser brancas como a neve, roxas, lilases ou amarelas e brancas amareladas. É caracterizado por um aroma muito forte. Por essa característica, a espécie costuma ser chamada de Sparaxis perfumada. Entre as variedades, as mais populares são:

  • Superba capaz de atingir uma altura de 25-30 cm. A inflorescência, que assume a forma de espigão, é formada por 5-7 botões. A flor, quando totalmente expandida, atinge 5 cm de diâmetro.As pétalas da corola desta variedade sparaxis podem ser caracterizadas por uma cor branca ou amarela, mas também apresentam tons laranja e púrpura. O núcleo é sempre preto ou amarelo. A flor tem uma abertura em forma de estrela.
  • Dia ensolarado ou dia ensolarado - o nome se dá por causa da cor das flores, que assume um tom creme-limão e apresenta um rebordo difuso na base das pétalas. As bordas do meio do esquema de cores amarelas também carecem de clareza. Na parte inferior de cada pétala, no centro, há um padrão de listras de cor roxa clara.
  • Luar ou Luar - uma variedade de esparaxias, assim denominadas por causa das flores com pétalas lilases esbranquiçadas, cuja superfície, como se pintada com pinceladas de tons de púrpura escuro, escarlate ou rosa profundo. O núcleo é amarelo e os estames são de cor escura.

Vídeo sobre o cultivo de sparaxis em condições de campo aberto:


Assista o vídeo: Amaryllis time-lapse - blooming in 18 days - Hippeastrum Dancing Queen


Artigo Anterior

Informações sobre projetos de jardinagem

Próximo Artigo

Onde Obter Sementes - Aprenda sobre Compra e Colheita de Sementes